Após denúncia no Cade, leiloeiros negam cartel e irregularidades

Após denúncia no Cade, leiloeiros negam cartel e irregularidades - 21/08/2020

Após denúncia no Cade, leiloeiros negam cartel e irregularidades

Após denúncia no Cade, leiloeiros negam cartel e irregularidades LEIA TAMBÉM Lorenna Rodrigues, O Estado de S.Paulo 20 de agosto de 2020 | 18h26 BRASÍLIA

- Após serem denunciados no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), leiloeiros que atuam na venda de veículos negaram formação de cartel e irregularidades. Como mostrou o Estadão, o Cade abriu uma investigação após receber denúncia da empresa Copart, organizadora de leilões. Na denúncia, a multinacional norte-americana alega que a Associação Nacional de Leiloeiros Judiciais (ANLJ) e sindicatos de Estados como São Paulo e Minas Gerais agiriam para impedir a atuação da empresa, o que fere a concorrência. Além disso, estariam atuando de forma cartelizada ao estabelecer um pagamento uniforme de 5% sobre o valor do bem para o leiloeiro.

Voltar